Aperte "Enter" para pular para o conteúdo

Gestão Agrícola e a crise

O agronegócio é um setor altamente importante, e é um dos que mais cresce a cada ano, sendo responsável pela alimentação animal, e de grandes centros urbanos. 

Em momentos como esse que estamos vivendo, vemos cada vez mais a importância e a dependência que temos do agro. 

Mas como o Agro se mantém de pé durante a crise?

Nas ultimas duas matérias falamos sobre Tecnologia em momentos de crise, como ela pode ajudar o Agro? e também sobre Agricultura 4.0.

Constatamos o quanto o agro se desenvolveu utilizando componentes ‘tech’ e como isso é importante para o setor na atualidade. 

Nesta última matéria sobre a tecnologia em momentos de crise, vamos falar sobre gestão agrícola. 

Acompanhar todos os processos que acontecem nas propriedades rurais é um grande desafio, principalmente quando se trata de fazendas grandes.

A gestão agrícola vem para auxiliar o produtor rural em todos esses processos. 

Além de dar maior poder de escolha, sistemas de gestão  ajudam na assertividade dessas escolhas.

Há maior visão de todos os processos, gerando um melhor planejamento de todas as atividades na propriedade. 

Muitas vezes o produtor se acostuma a fazer escolhas e acaba tomando decisões por instinto, porém, nem sempre as decisões são assertivas. 

Mas e a crise?

Diante de uma crise, com base nos dados da propriedade, o produtor pode fazer melhores escolhas.

Ele pode optar por ser mais agressivo em seu plantio, colheita ou venda de seus estoques de grãos por exemplo, ou em ‘segurar’ os gastos até que haja melhores condições econômicas para voltar a normalidade.  

No país existem vários sistemas de gestão, que podem ter ferramentas simples ou complexas. São bastante procurados sistemas para fazendas de grãos, fruticultura e olerícolas. 

Vale lembrar que cada produtor deve escolher aquele que engloba todas as áreas de interesse, não necessitando a utilização de dois ou três sistemas para gerir sua propriedade. 

Nós do Plantae Gestão Agrícola fomos a campo para entender o produtor, e constatamos que os produtores que não usam um sistemas de gestão acreditam que eles sejam muito difíceis de utilizar e de serem alimentados.

Então criamos um sistema que engloba a parte produtiva e administrativa da fazenda, sendo muito simples, com treinamentos presenciais, para que essa experiência seja a melhor possível. 

Principalmente durante momentos difíceis como esse que estamos vivendo, os sistemas de gestão trazem benefícios ao produtor, possibilitando que o agro não pare, e não sofra tanto com a crise econômica. 

Encerramos aqui a terceira matéria sobre Tecnologia no Agro, como ela pode ajudar em momentos de crise. 

Esperamos que tenham gostado da leitura, e gostaríamos de frisar uma coisa: O AGRO NÃO PARA. 

Seja o/a primeiro/a a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *